Como usar o Google para buscar termos em inglês

É fato! Quando pinta qualquer dúvida é para ele que corremos para encontrar a resposta. Ele é tão importante hoje em dia que já tem até um verbo: “Dá uma Googlada aí e descobre”. O Google Translate é a ferramenta mais citada e usada pelos autodidatas, mas ela também tem suas falhas e eu vou mostrá-las aqui pra você.

Como nosso foco aqui é aprender idiomas, juntei uns macetes legais que abrangem os 3 objetivos mais comuns:

  1. Grafia (Como eu escrevo?)
  2. Significado (O que é isso?)
  3. Pronúncia (Como eu falo isso?)

Vamos a eles!


 

1. GRAFIA (COMO EU ESCREVO?)

Sugestões da barra de busca

Arnold Swarz… como eu escrevo o nome desse sujeito? O Google sabe e ele te dirá sem que você precise escrever a palavra completa.

Sugestões automáticas do Google

Resultado da busca

Se você está na dúvida se o que você que escrever está certo ou não, na página de resultados de busca você pode encontrar umas dicas.

Indo para um exemplo bem básico “I doesn’t know” ou ” I don’t know”. O que podemos observar?

  • O número de resultados para o termo certo cresceu absurdamente
  • Na opção errada, ele me indicou logo abaixo a sugestão correta “Did you mean” (como padrão, o Google às vezes até mesmo mostra o resultado da sugestão correta sem que você precise dar mais esse clique)
  • Resultados com o termo errado apareceram também, afinal na internet tem de tudo. Por isso, observe de onde vem o resultado. Dê prioridade a jornais, desconfie de blogs e FUJA do Yahoo Respostas!
O Google Translate

O famoso Google Tradutor é uma ferramenta superútil e que quebra um galho gigantesco em todos os momentos da vida. Para tirar proveito de todas as funcionalidades que ele apresenta, é preciso investigar e ter um pouco de criatividade.

Vamos começar com o corretor de grafia e gramática. Ele funciona exatamente da mesma forma que o resultado de busca acima. Quando eu digito “I doesn’t know”, apesar de ele traduzir direitinho para o português, ele faz a sugestão da maneira correta de escrever em inglês. (É sempre bom dar um checada: o idioma das abas deve ser o primeiro inglês e o segundo campo em português)

Google Translate


2. SIGNIFICADO (O QUE É ISSO?)

Define:palavra – o atalho que você mais vai usar

Assim mesmo, com dois pontos e juntinho. O Google tem vários atalhos que ajudam a filtrar e detalhar a sua busca, mas esse é o que você vai usar bastante quando estiver estudando. Vamos supor que você é fã do BB King (como eu =P) e ouviu uma música chamada “Hummingbird” e não faz ideia de o que isso significa. Você tem duas opções:

Define:

Note que o significado aparece diferente, em uma espécie de cartão que começa fechadinho, mas pode expandir para um formato completo, com informações de pronúncia, separação de sílabas, definição, tradução e gráfico de uso ao longo dos SÉCULOS @.@

Se mesmo assim você ainda não ligou o nome ao passarinho, nada como apelar para o resultado de imagens:

img_google_imagens_01

Tradução, sinônimos e aplicação em frases no Google Translate

Continuando nossa lista de funcionalidades do tradutor, falaremos agora da sua função principal: traduzir. É simples. Primeiro eu boto a língua que eu quero traduzir e no segundo campo a língua que eu quero saber. Lá em cima traduzimos hummingbird (inglês) para beija-flor (português). Fácil, né? No tradutor, ele fica assim:

Google Translate

Vou dar outro exemplo pessoal. Estava ouvindo rádio outro dia e em uma música ouvi a palavra “infatuation” e não era a primeira vez que eu a ouvia. Ela não tem uma similar em português e então corri para o bom e velho translate. Esse foi o resultado:

Google Translate

Está vendo aquele balãozinho que diz “Show example usage of words”? Ao clicar nesse ícone, aparece uma lista de frases em inglês com a palavra que eu escolhi, com a tradução em português embaixo (às vezes ela não faz muito sentido, mas dá pra pegar a ideia).

Google Translate

Além de palavras, essa ferramenta está melhorando cada vez mais a tradução de frases. Todos sabemos que, ao traduzir músicas, muitas frases ao pé da letra não fazem muito sentido. Se você esbarrasse na frase “What would you do if you were in my shoes?”, várias interrogações flutuariam na sua cabeça. Mas “shoes” não é sapato? Se eu estivesse no seu sapato? Oi? [digita no Google Translate]

Google Translate

Ah, legal! Agora sim… Essa busca, porém, não teria funcionado apenas com “in my shoes”, que retornaria a bizarrice “nos meus sapatos”. Sensível esse tradutor né? Pois então…

Google Translate não ajuda nos termos coloquiais

Traduza em 5 segundos “I ain’t going to yo b-day… But imma call ya, boo”

Google Translate

Enlouquecemos o pobre tradutor… ficou tudo errado! A sugestão, a tradução e até a pronúncia (que a gente vai ver já já).

Podem falar o que quiserem sobre aprender com letras de músicas, porque gramaticalmente elas podem até sofrer adaptações para não sacrificar a melodia, mas que elas refletem muito do que realmente vamos ouvir as pessoas falando, isso você pode ter certeza!

Alicia Keys – If I ain’t got you
Usher – My Boo
Nina Simone  – I ain’t got no (I got)
Black Eyed Peas – Imma be
Beyoncé – B’Day
Outcast – Hey Ya

A frase “I ain’t going to yo b-day… But imma call ya, boo.” se trata de um possível namorado desnaturado (ou namorada) que não vai ao aniversário do seu parceiro, mas vai dar uma ligadinha pra dar os parabéns.

Dica: Provavelmente esse termo coloquial vai estar no site Urban Dictionary. Lá é um ótimo lugar pra pesquisar gírias nativas e para finalmente entender algumas coisas que nunca fizeram sentido nas músicas que você estava traduzindo.

“Piadinhas” internas que a internet e a mídia criam

“Imma let you finish but…” nunca vai ter graça se você não viu ou soube do bafão que aconteceu em uma premiação em que o rapper Kanye West pegou o microfone da ganhadora Taylor Swift para elogiar o clipe da Beyoncé que estava concorrendo na mesma categoria. Apenas o tradutor também não vai te ajudar nesse momento.

Se você fizer uma boa busca no Google por Drop the mic, por exemplo, você vai descobrir mais que um simples microfone no chão… aconselho o Know your meme que vai te explicar a origem de todas as piadinhas que você pode estar perdendo. Dê umas boas risadas! ;]

 


3. PRONÚNCIA (COMO EU FALO ISSO?)

O Google é americano

Todos sabem que inglês não é igual em todo lugar do mundo. Nem português no Brasil consegue ser.

Por isso, se você vai viajar para a Austrália, Inglaterra, Canadá até mesmo o sul dos Estados Unidos, pode ser que a ferramenta de pronúncia do Google não te ajude muito. Mas talvez um site chamado Forvo sim. Usuários de vários lugares no mundo gravam um áudio da forma como eles pronunciam determinadas palavras. Assim você pode comparar, por exemplo, as diferentes formas que as pessoas falam a palavra “data“.

Aprenda como falar com a moça do Google

A moça americana do Google fala a palavra que você está procurando, então não tem erro! Como? Tem dois lugares em que o ícone de som aparece e te ajuda a pronunciar:

Pelo macete dado que foi o define:palavra

Define:

 

E pelo tradutor, depois que você digita a palavra

Google Translate

Depois dessa quero todo mundo falando Hummingbird melhor que o próprio nome, hein =)

To / Too / Two, qual a diferença?

Esse é um macetinho legal para usar a ferramenta de pronúncia ao seu favor. Faça esse exercício: coloque essas três palavra do título aí em cima e aperte o ícone de som.

Troque a ordem das palavras.

Você consegue perceber a diferença da pronúncia entre elas? Umas tem o som mais seco e rápido, outras mais prolongado. Esse macete é muito bom pra tirar dúvidas sutis de palavras que você acha que são iguais (e às vezes o som delas é o mesmo de verdade). Você pode testar com there/their, man/men, rich/reach, which/witch, you’re/your e por aí vai.

Dica: use o headphone que ajuda bastante.

Treine sua pronúncia

Outro macetinho para você ter certeza que aprendeu e que todos vão te entender. Parece que não, mas a gente não tem ideia do que se passa na cabeça de um nativo quando ouvem o nosso sotaque, e eles podem entender as mais diferentes coisas.

Google Translate

Para treinar, clique no ícone do microfone (o seu mic tem que estar funcionando e de preferência ficar perto de você) e inicie a busca por voz. Você diz a palavra e ele vai escrever e traduzir.

Alerta: a moça do Google é exigente. Tenha paciência e repita quantas vezes forem necessárias. Na hora que ela entender, você vai ter certeza que a sua pronúncia está perfeita. =)


 

Essas foram minhas dicas sobre como explorar o Google e podem ter certeza de que isso vai ajudar com problemas que você venha a enfrentar. Mesmo que vocês esteja sozinho, sem alguém que saiba falar certo para te corrigir, a dúvida não vai te tirar o sono a noite.

Outros sites que dão mais dicas de como usar o Google para inglês e outras necessidades, tipo pesquisas de artigos, soma, tempo lá fora e outras coisinhas mais, eu achei em um post do English Experts e no Midiatismo.

E você, como acha essas palavras? Tem outros macetes?Compartilhe!

Gostou das dicas? O Langoo Mail tá aí pra te avisar das novidades, é só seguir o blog! =)

Anúncios

Uma consideração sobre “Como usar o Google para buscar termos em inglês”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s